16 de dezembro de 2011

Choooooooorando se foi...

Vivo chorando no meio da rua. Não era disso, não, sabe? Costumava ser mais macha. Mas de uns tempos pra cá...putz...tô uma máquina de chuva (existe isso?). 
 
Chorona contumaz que sou, precisei desenvolver uma técnica para verter minhas lágrimas em paz, sem despertar a curiosidade dos mendigos, a solidariedade dos bêbados, a compaixão das velhinhas e o estranhamento dos transeuntes em geral. Vou dividí-la com vocês, porque...né? Vai que cês tomam um pé na bunda, dão uma topada ou lembram da cena da Carolina Dieckman rapando a careca....sei lá, né? Mil e uma possibilidades!

Eu chamo de Rinite Fake, do latim rinitis fajutis.
Nada mais fácil do que simular uma crise alérgica para disfarçar a cara inchada, o nariz de Bozo e as lágrimas insistentes. A sequencia das perguntas das pessoas é sempre a mesma:
"Que foi? Tá chorando???"
"Não."
"É gripe???"
"Não."
"Alergia???"
"Sim...shuinf...minha rinite...snif...está me matando..."
 
É claro que isso exigirá um pouco da sua verve artística, mas ó: SUPER INDICO. É bem prático e socialmente viável. Basta espirrar de mentirinha sempre que alguém te olhar com cara de "ooowwww....tá choraaaando..." e esfregar as mãos nos olhos com força. Se você estiver maquiada (ou maquiado...sem preconceitos!) e quiser ganhar o oscar, capricha na esfregação até conquistar um look Heath Ledger Coringa. SU-CES-SO!
 
Sugiro que ensaie em casa um espirro bacana. Um espirro que tenha personalidade e notas de frutas vermelhas (eu li isso numa revista sobre vinhos caríssimos e quis incorporar ao texto!). Você vai precisar repetí-lo algumas vezes ao longo do chororô para dar mais verdade à cena. (Acho lindo artista que fala isso de "dar verdade").
 
Se por acaso perceber desconfiança nos olhares alheios, aja rápido: saque da necessaire um lenço de papel e faça aquele "fróóóóóóim" bem alto. Mas atenção: só use o recurso da assoada de nariz escandalosa em caso de extrema necessidade, haja vista que você poderá ser taxada de sujeita melequenta. E nesse caso, é melhor ser chorona-loka do que catarro-girl, não é verdade?
Então já sabem: se me encontrarem espirrando pelas ruas de Niterói, finjam que não leram esse post, me ofereçam um histamin e por favor NÃO ME ABRACEM. Quando eu tô chorando pouquinho e alguém me abraça choro mais forte e de boca aberta! Fico mó feia!

32 comigo:

Re Ferreira disse...

Técnica ninja. Boa!

FELTRO POR MIM disse...

Como é que nunca pensei nisso antes? Eu sempre acabo pagando mico de estar chorando em algum lugar a pessoa pergunta: tá chorando? - eu na maior cara lavada (de choro): não, é cisco no olho! Cisco no olho nunca colou, nem quando realmente é cisco no olho porque logo a gente tira! Adorei a dica vou usar de hoje em diante, quando estiver assistindo comercial das Casas Bahia ( quem me conhece já sabe que esse é o campeão prá me fazer verter lágrimas). Adorei seu blog! snif snif ai, já começou, choro prá comentar em blog também! Abraços!

Flavia Bernardo disse...

Seu blog é SENSACIONAL!!! Saudade de ler ele. Me divirto horrores!

bjs!

Liz disse...

Achei que era só eu que quando tá triste e chorando se ganhar um abraço vira uma poça de agua.
Obrigada pelas tecnicas!!! Vou testar no proximo pé na bunda, perda de emprego, cena de alguém raspando a cabeça, quebra de unha, TPM etc

Analine Wiatrowski disse...

Nossssa... eu uso muito essa técnica, e sempre funciona!! Porque que choramos tanto e sem motivo aparente?! Basta eu contar alguma coisa pessoal e a pessoa prestar atenção em mim e pronto encho os olhos d'agua... é ridiculo!!!

Adoro Craft disse...

tava com saudades rsrsrsrs...

Cris!!!!

Mila disse...

Elisa, esse truque é excelente. Da última vez tinha terminado com o namorado e fui pra hidroterapia, cheguei lá piscina vazia e buáaaa, subiu uns 2 niveis a piscina de tanto q chorei. A galera foi chegando e eu "gente, qq vcs fizeram com esse cloro, opaí, tá demais, olha minha rinite, que horror!"

Trícia disse...

Menina, devias escrever um livro, uma espécie de coletânea dos teus posts. Morri de rir, fiquei imaginando você fazendo a 'rinite-alergia-girl'.

Bjs pra vcs três aí!

Alana Araújo disse...

Caramba! Isso é genial! Se duvidar eu mostro até atestado médico.

Juh Peixoto disse...

Saudades master dos teus posts! Me acabo aqui..hehe.. Bjão!

Dayana disse...

Tão bom te ler de novo, Elisa!! Que bom que você voltou!! =)

Anônimo disse...

Sabe quando tudo parece ter ido pros ares, que você começa a repensar a vida, sente saudades de coisas que te fizeram bem? Aí descobre que você voltou... saiba que você me faz um bem enorme,me faz rir, por dentro aquele riso que trás a alegria de volta...Fica sempre com DEUS

Crisaline disse...

Kra! vc nao existe!!! kkkkk
tb jah usei da mesma técnica: a alergia! ahahah.. todo mundo acredita e fazem aquela pergunta: "jah tomou "isso-assim-assim"?"
bjs (Tudo passa! isso tb vai passar) :))

✿ chica disse...

Muito legal o jeito que contas e escreves. Bom te ler! beijos,tudo de bom,chica

Anna Lucia disse...

Eu tb sou assim Elisa! Liga não!
Ficou chateada com meu comentário no FB?
Não escreveu nada...
Desculpe se ficou tá?
Que tal mudar o nome do blog para...

Ela fala e sai chorando...
(Brincadeirinha...)
Adoro seu blog! Sinta-se abraçada e choremos juntas pq ando maior manteiga derretida.
Beijocas

Lidiane Fenerich disse...

Eu também uso essa tática viu....e funciona....eu agarantio....rsrsrsrs

Pati disse...

Muito boa sua tática!Eu também sofro disso, sou beeeeeeeeeeeeem chorona. Aí, como tenho um problema nas córneas e sou obrigada a usar uma lente do mal, que me irrita sempre os olhos, uso sempre a desculpa que meus olhos estão lacrimejando, inchados e vermelhos por causa das lentes. Como o povo que convivo é meio lerdo, nem perguntam porque o nariz e boca também estão vermelhos e inchados. Asim, passo meu dia: 50% chorando de verdade e 50% com olhos irritados por causa das lentes, mas para as pessoas, são só as lentes...

Raquel Maya disse...

E técnica para chorar de rir? Pois foi isso que aconteceu qdo eu li teu texto. Amei! ass.: chorona profissional!

Raquel Maya disse...

E técnica para chorar de rir? Pois foi isso o que aconteceu ao ler teu post. Amei! Ass.: chorona profissional.

Marcela Vasconcellos disse...

Ih filha, desde que minha mãe morreu eu virei um amanteiga. era um macho agora sou daquelas que não consegue ver vídeo de cachorrinho fofo.

E o pior é que as vezes eu nem tô pra chorar, só duas lágrimas com a cara na janela do ônibus já satisfazem mas pensa no que isso vira se alguém me pergunta o que houve e eu digo a verdade??? Até porque eu tb sou do time que se me abraçar eu choro até soluçar e a meleca escorrer.

Sua técnica de alergia vai me salvar de alguns micos, isso e uma plaquinha de "não abrace".

Bjus e bola pra frente.

Patrícia disse...

Só você pra me fazer rir hoje... rsrs...
No meio do chororô de hoje, me perguntaram se era rinite e eu respondi, não tô chorando mesmo!... rsrsrs...
Mas é um boa técnica com certeza!

Daniele Mariano - AL disse...

Post de utilidade pública.kkkk
Sou chorona demais também e vou aproveitar as dicas! rs
bjus

Bartinha disse...

Rs, rs, rs. Essa é infalível, já cansei de usar, porque tenho rinite alérgica de verdade, e logo percebi a semelhança. Até pq quando to atacada da rinite, todos me perguntam se estou chorando...???? Logo fiz a ligação e agora choro em paz em qualquer lugar...
Bjs.

Inaie disse...

nao sei muita coisa da vida nao, mas sei que esse Marcos ( ou Marco, ou seja la o nome do Mane) e doido de pedra de deixar voce escapar.

Cada um com a sua esquisitice ne? E daqui a pouco, muito pouco tempo vc vai estar saltitando pelas ruas de Niteroi, totalmente curada dessa rinite imbecil! E com um gostosao - ou gostosona ( sem preconceitos) a tira colo.

Bjim

Claudia disse...

Atrasada? Sim, sempre.

Mas acho que ainda em tempo: que bom que você voltou!

Pat disse...

Oi Elisa, Vc é um querida sabia!!, acho que já sabe sim! Chora, chora, chora,Um dia essas lagrimas aão de se akbar como diz o povo sabido: não há mal que dure para sempre ou bem que um dia não se acabe! então é isso ai, só é uma fase, vai passa, vou torcer que a bonança chegue logo, o mais depressa possivel em sua vida, para o bem do seu coração, que já tenho como se fosse o de uma velha amiga, passo aqui sempre para saber a quantas andam as coisa!!
bejo nega e força na piruca! porque rapadura é doce mais não é mole não! fica ai um pouco de besteirol, tomara que te traga um sorriso, porque já sorri muito aqui!!

Amábile - Mãe de dois disse...

adorei a dica pq Tô numa fase chorona tb , e hoje me peguei chorando na escola do filho pq eu péssima mãe não consegui vaga pra ele no judô é mole a situação tb não me abracem que eu choro mais bj

Anônimo disse...

Elisa, que bom que vc voltou!!
EU CONTINUO PENSANDO QUE VOCÊ DEVE ESCREVER UM LIVRO. Você escreve super, mara, mega bem. É lógico que não se força ninguém a escrever um livro ("pega uma AR-15 aí, 02" Cap. Nascimento) Então, eu acho que você deve escrver um livro.
bjssss
Alessandra - Pouso Alegre - MG

Carol Fonseca disse...

Você devia escrever um livro. Eu compraria um livro seu, adoro seu jeito meio Marian Keyes de escrever.
beijo.

Anônimo disse...

Eu apelo pro banheiro. Lá eh ótimo, porque da pra esperar o olho desinchar e conferir no espelho se a cara ta menos obvia. Porque o direito de chorar em paz deveria ser respeitado por todos.

Mas que esse truque da alergia vai entrar pro caderninho, ahhh vai!

Óculos de sol também são ótimos pra esconder choro. Mil técnicas, veja que vc não esta sozinha nesse mundo, se isso serve de consolo, né...

Bjs,
Yara

Larissa Bohnenberger disse...

Você me faz chorar de rir, com as coisas que você escreve. Ainda bem que eu tô em casa. Mas se você quiser me dar umas dicas de como disfarçar o ataque de riso em público, eu agradeço...

Bjs!

Anônimo disse...

Bem, deixa eu te falar, faço isso há anos! hahuahua
Pq? Pq sou louca, desequilibrada e choro dirigindo qdo não tenho nada melhor prá pensar no caminho. Lembro de coisa triste, imagino coisa triste, simulo brigas com pessoas que amo/odeio, enfim, já esclareci ali em cima que sou louca.
Daí qdo eu chego no meu destino eu esfrego o nariz, dou duas fungadas, um bem comprida e a segunda mais curta, esfrego o olho e digo: "aí meu nariz ainda me mata!"

Já disse que amei que vc voltou?

Carol, Uberlândia.